Agendamentos
HP Vacinas
Vacina febre amarela
Edital
HORÁRIOS DE ATENDIMENTO: SEGUNDA A SEXTA: 07:30 às 20:00 - SÁBADO, DOMINGO E FERIADOS: 07:00 às 12:00
FONE: (47) 3037 7099
Hospital do Pulmão
Facebook

Notícias

Fumantes ocasionais também correm risco de ter Doenças Cardiovasculares

24/05

NEWSLETTER

Cadastre-se e receba
as novidades do HP
no seu e-mail.

Reunião do grupo de apoio ao abandono ao tabagismo
Reunião Científica
Todas as newsletters

Pesquisa publicada no American Journal of Health Promotion revela que a pressão arterial elevada e o colesterol alto, típicos de quem fuma todos os dias, também atingem os fumantes "sociais".

Cientistas da Universidade de Ohio entrevistaram 39.555 pessoas para identificar quais são os riscos de contrair doenças cardiovasculares entre os fumantes ocasionais. Mais de 10% das pessoas ouvidas no estudo disseram que não fumavam todos os dias, enquanto 17% consumiam tabaco diariamente.

Entre os grupos de fumantes habituais e sociais 75% foram diagnosticados com pressão arterial elevada e 54% apresentaram colesterol elevado (respeitando diferenças de fatores, incluindo demografia e obesidade).

Fumar é um fator de risco para doenças cardiovasculares e o principal assassino de homens e mulheres em todo o mundo. "Uma em cada dez pessoas disse que fuma às vezes, muitos deles são jovens e já estão no caminho para doenças cardíacas", disse uma das autoras do estudo, Kate Gawlik, professora assistente da enfermagem clínica na Ohio State University.

Bernadete Melnyk, reitora da Faculdade de Enfermagem do Estado de Ohio e uma das pesquisadoras, disse que os profissionais da saúde devem se esforçar para identificar fumantes sociais e oferecer-lhes conselhos e ferramentas para interromper o vício.

As pesquisadoras aconselham os médicos a perguntar: "Você já fumou cigarro ou usou tabaco em situações sociais, como em bares, festas, eventos de trabalho ou encontros familiares?" ou "Quando foi a última vez que você teve contato com cigarro ou outros produtos derivados do tabaco?".

"A pergunta típica é: Você fuma ou usa tabaco?". E os fumantes sociais costumam dizer que não, exemplifica Melnyk. Segundo ela, é necessário repensar a forma de abordar os pacientes sobre o assunto.

As constatações de reflexões provocadas pelo estudo são essenciais para enriquecer a discussão sobreo combate ao vício. Este mês, o assunto está em voga. As instituições de saúde, os médicos e os pacientes se unem globalmente contra os malefícios do fumo no Dia Mundial Sem Tabaco em 31/05.

Fonte: Pneumoblog SBPT 17/05/17.  

Outras Notícias

Rua Engenheiro Paul Werner, 1141 - Itoupava Seca - Blumenau/SC
Responsável Técnico - Dr. Mauro Sérgio Kreibich CRM 2367 @